sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Telefonia em Euclides da Cunha


Imagem da internet
Por Ney Campos

Em 1966 foi instalada em Euclides da Cunha a nossa telefonia local.

Os primeiros funcionários foram: Atayde José da Silva, Marizete da Romana e Valmira de Zé Sabino.

 Eram quase 100 associados (assinantes) que tinham como presidente Dr Humberto Freire.

Existia uma Mesa Operadora com disponibilidade para 100 linhas, começando com o número 101. (Número pertencente ao presidente Dr Hmberto)
 Acima,  Mesa Operadora


Funcionava assim:
Pessoa A chama a telefonista batendo o gancho do seu telefone algumas vezes
Na mesa opereadora, pisca uma luz referente ao número de quem está chamando
Telefonista: -Telefonista, bom dia!
Pessoa A: - 158, por favor!
Nesse momento a telefonista pega o plug que pisca da pessoa A e  encaixa ao número 158. Feito, gira-se uma manivela ao lado fazendo com que o número 158 trinque. No término da conversação os números respectivos se apagam e a operadora (telefonista) retira o encaixe.

A seta indica o local onde funcionava a telefonia, ao lado da Clínica de Dr Humberto.









 Dr Humberto




 O plug usado para as ligações na mesa operadora era idêntico a esse ao lado







Telefones das décadas de 70 e 80











  Com apenas 8 anos de idade em 1976, ainda lembro de alguns números:

101 = Dr Humberto
102 = Jaime Amorim
103 = Edmundo Esteves da Abreu ( Casa da Música)
104 = Correios
107 = Grêmio Cultural de R. E. da Cunha
108 = Zezito Campos (Ao Bebitex)
116 = Casa de Maria Senhora (Informação: Rejane)
156 = Belarmino Campos
158 = Minha residência
162 = Raimundinho Lima
166 = Residência de Edmundo Esteves
169 = Residência de Raimundo Tomaz (Informação: Carlos Aquino)
175 = Residência de Lulu Modas

 Vamos preencher mais números? Deixe um comentário informando ou corrigindo!


Durou  até dezembro de 1976.  Daí em diante deram inicio as instalações da Telebahia com  DDD (discagem direta a distância)


Naquela época telefone era objeto de luxo e status destinado a uma pequena minoria. Uma linha custava o equivalente 30 por cento de um carro popular, mais ou memos, hoje, 10 salários mínimos.

Quem não tinha telefone se dirigia às cabines telefônicas de propriedade de Ademar que ficou conhecido como Ademar da Telebahia. As cabines ficavam em um pequeno prédio, próximo a loja de Orlando Moura na rua Benjamin Constant. O cliente  passava o número de destino para Ademar e se dirigia a uma das cabines. Após a ligação pagava os minutos usados.






__________________________________________________________________
________________________________________________________________

Fatos que marcaram a história das Telecomunicações
Fonte: Ataliba Teixeira

1876 - 7 de março - Alexandre Graham Bell obtém a patente da invenção do telefone.
1877 - O primeiro telefone do país é instalado no Rio de Janeiro.
1878 - O primeiro telefone público é instalado nos EUA.
1879 - D. Pedro II autoriza o funcionamento da primeira empresa de telefonia no Brasil.
1883 - A 1a. estação telefônica do Brasil é instalada em Santos, com 75 assinantes.
1884 - Os primeiros telefones começam a funcionar na cidade de São Paulo.
1885 - Lars M. Ericsson revoluciona o desing do telefone, acoplando bocal e fone numa única peça.
1892 - Alon B. Strowgeer inaugura, em Indiana, a primeira central telefônica automática.
1893 - As primeiras transmissões de sinais telegráficos e da voz humana em telefonia sem fio no mundo são realizadas pelo Padre Landell de Moura, na cidade de São Paulo.
1922 - Os serviços de telegrafia e telefonia via rádio são introduzidos no Brasil, entre o Rio de Janeiro e Nova Iorque. Nesse mesmo ano inaugurada a primeira central telefônica automática do país, em Porto Alegre.
1946 - Entra em funcionamento o primeiro computador eletrônico dos Estados Unidos, o Eniac.
1956 - Começa a funcionar o primeiro cabo telefônico transatlântico entre Estados Unidos e Grã-Bretanha.
1958 - O primeiro sistema de discagem direta a distância (DDD) da América do Sul é implantado no Brasil, entre Santos e São Paulo.
1962 - Entra em operação o primeiro satélite mundial de telecomunicações, o Telstar, construído pelos Laboratórios Bell.
1966 - Início da aplicação de fibra óptica em telecomunicações.
1971 - A Intel anuncia o invento do microprocessador, base dos futuros computadores.
1972 - É criada a holding Telebrás, responsável pelas empresas governamentais de serviços públicos de telecomunicações do Brasil. São instalados os primeiros telefones públicos (os orelhões) no Rio de Janeiro e em São Paulo.
1975 - O Brasil integra-se ao sistema de discagem direta internacional (DDI).
1978 - A Telefonia Móvel Celular é ativada no Japão.
1982 - A primeira central de CPA (Central com Controle por Programa Armazenado) da América Latina é instalada em São Paulo.
1990 - A primeira cidade brasileira a usar a Telefonia Móvel é o Rio de Janeiro.
1995 - Implantada a Internet comercial no Brasil.
1998 - Privatização do Sistema Brasileiro de Telecomunicações – Telebrás - Início da competição no mercado nacional de Telecomunicações com a concorrência das operadoras "espelho" para o STFC (Sistema Telefônico Fixo Comutado).
1999 - A Telefônica introduz em São Paulo a tecnologia ADSL, que possibilita enviar e receber dados e imagens em altíssima velocidade.
2000 - Escolha da faixa de 1.8 MHz para o PCS (Personal Communication Service).
2001 - Assinatura das primeiras licenças GSM.













3 comentários:

Anônimo disse...

Que sufoco nesse tempo, henm?

Anônimo disse...

Ney, faltou mencionar o período final da telefonia em Euclides da Cunha com o Sr. Ademar Abreu, o Ademar da Telebahia. Com Ademar funcionou até 2005, mesmo com o advento dos celulares tijolão, dos e dos cartoes para orelhão. Fui muitas vezes fazer ligações na "telebahia" como era chamado o posto administrado por Ademar.

Inamar Coelho

segudores intagram disse...

excelente post e website gostei !